5 de mai de 2012

O tempo perguntou pro tempo, quanto tempo o tempo tem...

Imagem daqui
 Há dias estava organizando uma postagem sobre esse danado chamado tempo(ou a falta dele). A intenção era postar futuramente, quando estivesse próximo às férias. No entanto, conversando com uma querida blogueira, Luciana Souza, resolvi antecipar essa publicação.
Dias atrás, postei sobre o cansaço exagerado que estava tomando conta de mim, quem não leu pode ver aqui. Um dos culpados? O tempo!

Imagem daqui
Não é fácil, lidar bem com nosso tempo. Por vezes acabamos deixando a desejar em determinado aspecto de nossa vida. Sou professora e, quem tem a mesma profissão que eu, sabe que ela não é fácil. Acabamos nos sobrecarregando, principalmente em final de bimestre(ou, no meu caso, trimestre). Final de semestre então? É uma loucura! Acabamos tendo que correr contra o tempo, para conseguir lidar com tudo.

Imagem daqui
Diante da correria do dia à dia, ainda nos deparamos com outras questões, além do trabalho. Eu, por exemplo, sou mãe. Tenho que estar presente diariamente, participando da vida do meu filho. Ah, sou esposa. Ou seja? Tenho que dar atenção necessária(marido gosta de atenção!). Essa vida de blogueira também exige tempo, e, mesmo que eu não atualize meu blog diariamente, estou sempre aqui, dando um pedacinho do meu dia para visitar todos, na medida do possível(demorei para compreender que não precisava me matar para continuar à ativa na blogosfera.). 

Imagem daqui
Então, deixa eu falar sobre algo que aconteceu com meu filhote. Dia desses ele chegou da escola e, vendo suas avaliações, percebi que as notas haviam caído. Se fosse em tempos atrás, eu teria rodado a baiana e a porca teria torcido o rabo. Teria baixado a maluca exigente  e a coisa teria ficado feia. Mas, hoje sou bem mais relax. Porém, ainda assim, fiquei preocupada. Aí, fui fazendo uma análise e percebi que o deixei de lado por uns dias. Não observei tanto quanto sempre fiz. Me esqueci que ele é só uma criança de 10 anos e, por mais que eu tenha que dar autonomia para ele fazer seus deveres e estudar, é necessário sim ter o tal monitoramento(como sempre fiz). Enfim,  desmoronei!! Entrei em parafuso e me achei a pior mãe do mundo. Pra piorar, eu estava na maldita TPM e o que era pequenininho, tomou uma proporção enorme. Fiz uma tempestade numa tampinha de garrafa. Mas, aí eu percebi que a afirmativa de que filhos não vem com manual de instrução é verdadeira e que eu não sou uma pééééssima mãe. Porém, estava deixando algumas coisas de lado e precisava retomar as rédeas da situação, não esquecendo que preciso saber administrar as coisas da melhor maneira possível.
Imagem daqui

O trabalho é importante, meu blog é importante, mas minha família também é, e precisa de mim. Por isso eu levo muito em consideração um conselho  que o amigo Jaime Guimarães me deu, dia desses(um puxãozinho de orelha merecido), onde ele disse que quando estamos trabalhando demais, acabamos perdendo o controle do que é realmente importante (família, relações amistosas e saudáveis, bem-estar...) e por isso é importante voltar  e observar o que está errado. Por isso, resolvi ver o que eu precisava fazer para não deixar isso tudo de lado. 

Imagem daqui
É bem verdade que chega um momento em que sentimos vontade de acrescentar horas ao nosso dia. Até mencionei isso aqui no blog, na mesma postagem sobre o cansaço, citada acima, onde o blogueiro Jorge Pimenta comentou o seguinte "ainda bem que o dia não tem 30 horas, pois em lugar de 24, correríamos 30 e o cansaço ficaria aos suspiros por novos dias, desta vez com 40 horas". E não é que ele tem toda razão!? Sendo assim, preciso conseguir lidar com tudo dentro das 24 horas. Ah, tenho que lembrar de deixar um cadim de tempo pra dormir. Tá, eu concordo que dormir deveria ser algo totalmente dispensável. O melhor da vida a gente faz acordado, baby! Mas, infelizmente isso é impossível. Somos mortais, então, precisamos desse tempo de sono(focoooo, Joicy... foco!!!). 
Enfim, depois de rever todas essas questões, cheguei à conclusão de que não posso deixar minha família de lado, mas, também, não pretendo deixar meu blog pra lá, assim como de igual forma não tenho a pretensão de passar a desenvolver meu trabalho como professora de qualquer jeito(não consigo empurrar com a barriga). Ahhhhh, além de tudo o que foi dito, ainda PRECISO encontrar tempo para entrar no FaceBook(minha segunda casa, pô!kkkkk), além de conseguir retomar minhas atividades físicas(Muay Thai e boxe que estão abandonadinhos... isso não pode acontecer, pois "tôôôô pagando!!!!")... tbem tenho que tirar um tempo para os livros, filmes... tá, parei!
Imagem daqui
Então? O que fazer para conseguir colocar em prática tudo isso, sem esquecer de nada? Já sei! Só me resta virar Mulher Maravilha. kkkkk... brincadeira! Só preciso aprender a administrar bem meu tempo. Tenho, semanalmente, organizado um horário para entrar no blogue... além de tirar um período para estar com meu filho! E, claro, minhas saídas com o marido, para os "roques" não podem, em hipótese alguma, ser deixadas de lado. É sagrado! Em relação ao trabalho, estou conseguindo lidar com a questão da correria entre uma escola e outra. Enfim, ao final a gente vê que consegue! Tenta achar um ponto de equilíbrio. Mas, NÃO É FÁCIL!!! Aliás, na teoria pode até ser, mas na prática NUNCA É FÁCIL! Sei que haverá dias em que voltarei com a sensação de estar surtando... Mas, aí continuarei retomando e seguindo em frente.


ATENÇÃÃÃÃÃOOO! Visitem o blog do Paulo Cheng e leiam a entrevista que ele fez comigo... basta clicar aqui!
Então é isso... meu tempo para essa postagem se esgotou. 
Deixo a reflexão para vocês!

Fico por aqui... 

Beijinhos...

Câmbio, desligo!

111 comentários:

  1. Parece que o tempo está pegando os blogueiros pelo pé, hahahahahahaha. E eu ainda estou tentando escrever um livro, hahahahahahaha, já estou no capitulo 12 e a historia fica o tempo todo na minha cachola então eu fico me dividindo em 2 ou 3 e escrevendo no blog e comentando no blog dos amigso mas estou tentando controlar os minutos.
    Ainda bem que eu tenho o poder de parar o tempo como fala minha esposa. Porque ela fica maluca em ver como eu faço tantas coisas em minutos que as vezes são inesplicáveis, como por exemplo uma jantinha que sai de repente, hahahahhahahahahahaha.

    Belo texto minha amiga. Agora que sei que vc está com problemas com o tempo vou desculpar a sua ausência lá no meu blog, hahahahahhahahaha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, Dezinho, o tal de tempo tá pegando geral! ahahahahahahahah... vc é ninja, entonce! Eu apanhei para conseguir conciliar, ainda assim tô penando.

      Perdoa memso, sua amiga aqui... mas, estou visitando todos, na medida do possível, visse?!

      bjks pra vc e pra familiaaaa!

      Excluir
  2. Oh querida...estamos em um sufoco incrível né, agora que abri minha própria empresa, sei o que é correria total sem tempo para nada, só me resta desculpas, e a promessa de visitar os amigos quando possível. Mesmo assim, muito obrigado por toda a força que tem me dado na blogosfera, sem vc e a Lu, eu estaria frito. Um beijão pra vc e pra toda galera Metal ai da residence.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, nem fala! Então abriu sua empresa, vic? Eita, vou ficar aqui torcendo pra que seja só sucesso. Essa fase inicial é barra, mas vc vai conseguir passar por ela! Estamos aqui, para o que for preciso. Podexá que a blogosfera estará sendo bem cuidada! rs

      Valeuuuuu!!!!

      bjks

      Excluir
  3. Olá Joicy. Adorei o novo post. Fazia um tempinho que não passava por aqui. É muito bom ler seus textos, eles sempre tem uma dose de humor. Nessa correria toda e falta de tempo, você consegue retirar sorrisos bobos dos leitores.
    De veras, é fato que o tempo é curto e também estou vivendo isso na pele. Mas como você disse, quando a gente pensa em surtar, temos que colocar tudo em ordem e seguir, se não, a coisa piora não é mesmo?
    Beeeijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, querida! Tudo bem? Ah, bom saber que voltou...

      Poxa, que lindo seu comentário! Fico feliz quando o texto é bem quisto!

      Sim, é preciso saber lidar pra não entrar em parafuso, né!?

      bjks e obrigada!

      Excluir
  4. Puxa, Joicy, eu estava bem pensando sobre isso essa semana. Sou péssima pra organizar coisas, ainda mais tempo, tipo... essa semana peguei uma conjuntivite logo depois do feriado e o médico meu o resto da semana de atestado. Pensei: Vou ter tempo pra colocar algumas coisas em dia, como a monografia, uns documentos que quero adiantar para quando for chamada em um concurso que passei (eh, tenho novidades sim, vou fazer um post pra divulgar, hehe) e ainda queria fazer as coisas que vc falou, dar atenção ao filhote, cuidar da casa, do blog e talz...

    Mas cara... eu não consegui fazer quase nada. E olha que eu tive tempo, mas não soube administrar isso =/

    Gostei bastante da sua colocação do tema, viu? Descontraída e leve, como você mesma. Até a próxima, gata. Bjus e fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valzinha, então vc esteve com probleminhas de saúde? Poxa, conjuntivite é froidis! Mas, sabe, a gente pode ter muito tempo disponível, mas quando o acumulo de coisas por fazer é maior ainda, nenhum tempo do mundo será suficiente se não houver organização. Eu senti isso na pele... e foi doloroso! Digo, dor física mesmo. E, se não cuidarmos, podemos ficar doentes. Então, indico que vc coloque as coisas em seu devido lugar(ou horário) e não coloque o carro na frente dos bois. Experiencia própria!

      Ei, novidades? Quero saber... curiosa master! hahaha

      Muito obrigada... seus comentários são sempre muito bem vindos e só acrescentam!

      bjks

      Excluir
  5. Olá Joice,
    Mulher, você falou - quase - tudo o que eu estava pensando nesses últimos dias nesse único post. Eu perdia muito tempo com coisas que não me levavam a nada e sabia já há algum tempo que precisava ajeitar o meu tempo. Pois bem, estava somente procrastinando essa mudança. Mas chegou uma hora que não dava mais. Usar o tempo de modo desregulado estava me prejudicando muito. Então, comecei a me organizar e a estabelecer prioridades e espero mesmo conseguir melhorar as coisas.
    Enfim, desejo sucesso pra nós duas ao lidar com o tempo!
    Beijo,
    http://www.ideias-defenestradas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida.... acho que todos passamos por algum momento onde não sabemos como lidar com o tal tempo, né!? Eu não sou uma pessoa naturalmente organizada, então preciso sempre me policiar... estabelecer prioridades, como vc disse, tbem é uma boa! O problema é que nem sempre a gente consegue se decidir o que é prioridade ou não! ahahahaahah

      bjks

      Excluir
  6. Oi Joicy, me identifiquei totalmente com sua postagem...Nossa profissão não ajuda, pois sempre temos muita coisa pra levar pra casa, e fim de trimesrte então...Tô surtando com as benditas fichas e agora na coordenação pedagógica, é cobrar, ler, imprimir e assinar umas 300 fichinhas mais ou menos...OMG!!! Mas, como vc disse, temos muitas coisas importantantes nas nossas vidas, então o lance é conciliar, já recebi a sugestão de fazer um cronograma com o básico pra não surtar, né??? Mas, é isso, força na peruca e vamos lá... Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carollllll, a gente já tá careca de saber que nessa época é FODA pra nós, pobres professores, né!?

      Mas, nunca nos acostumamos...

      acho que pelo simples motivo de que não é algo saudável! Tipo, o corpo sente o peso do trabalho exagerado...

      Realmente, final de trimestre é froidis... essas fichas da prefeitura nos matam!

      Agora é torcer para esse período passar o mais rápido possível! Sorte aíííííí, querida!

      bjks

      Excluir
  7. Olá, amiga Joicy!
    Fazendo uma recapitulação de nossas funções no dia-a-adia é que percebemos o quanto somos ocupados.
    O tempo é implacável, não para nem nos espera.
    Por mais tentemos, nãos conseguimos domar nem administrá-lo com eficiência e, por fim, acaba nos consumindo. Lutar com o tempo é uma luta em vão.
    A tática é tentarmos "fazer nosso próprio tempo", dosando-o para cada pessoa e tarefa impostantes que fazem parte do nossas vidas.

    Seu texto é muito interessante!

    Abraços do novo amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bentinho, tudo bem? Ahhhh, é verdade.... eu chego a ficar assustada por ver a quantidade de coisas que preciso fazer durante o dia! Não é fácil... o jeito é conseguir conciliar as coisas, já que lutar com o tempo(como vc bem disse) é em vão!


      Muito obrigada pelo comentário super pertinente...

      Abração

      Excluir
  8. Eu tenho experimentado uma sensação estranha ultimamente, como se de uma hora para outra, eu estivesse conseguindo encaixar tudo em seu devido espaço de tempo, mas isso não é verdade. O que aconteceu foi que eu liguei o piloto automático, acho que sem perceber, para driblar o estresse, o lado ruim disso é que tenho feito as minhas atividade do dia-a-dia porém sem o mesmo afinco de antes, tenho percebido isso principalmente no trabalho, onde eu tenho me apartado das preocupações com as metas, com ascensão profissional e até com aprimoramento... Sei que o piloto automático não se mantém por muito tempo, mas não será fácil tomar as rédeas de volta, falta motivação, disposição e um tantão de outras coisas... mas a gente vai levando... afinal definitivamente as coisas não são fáceis!
    Bjss Joicy!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, querido... já passei por isso! Aliás, não faz muito saí de um período assim. Tal qual vc expos! MAs, não me saí bem... me senti mal e as coisas foram se tornando muito deprimentes, principalmente pq fui ficando frustrada. Aí, resolvi colocar a cabeça no lugar e tentar organizar melhor as coisas.

      Não é fácil mesmo... mas, vamos que vamos querido! Cabeça erguida e reestabeleça-se!

      bjks

      Excluir
  9. Dee uma coisa tenho certezaa... nunca perco meu tempo visitando o seu blog... :D
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    E atualmente não temos tempo pra nos mesmos.. é casa, trabalho, escola... preocupações e mais preocupações... da vontade de dar um tempo de tudoo neh?? muahahahaha
    bjOss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, vc é um fofo! Obrigada, viu???? Ah, a gente tem que aprender a dar prioridades, pq se não enloouquece! rs

      bjks

      Excluir
  10. E nós daqui ,ficamos felizes que continues no blog e administrando todas as funções.

    Acho que somos meio mágicas pra fazer e cuidar de tantas coisas num só dia, mas vale a pena.

    E quando à noite,sentirmos que alguma coisinha ficou pra trás, temos que aprender a deixar acumular roupas, tarefas na casa, mas nunca amor, carinho, olhar os nossos e assim, sentiremos bem e acharemos tempo pra tudo que também nos faz bem. Beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica, obrigada querida... é verdade! Parece mágica mesmo... pq a gente consegue se desdobrar pra conseguir fazer tantas coisas por dia, né? Tem dias que nem acredito! rs


      bjks

      Excluir
  11. JOICYZINHA..

    ..ONTEM MESMO EU ESTAVA REFLETINDO SOBRE ISSO.... conversando com a "Euzinha" aqui..
    Preciso administrar melhor o meu tempo!
    Eu poderia ser mais organizada em relação a isso. Sou um desastre.
    Acabo deixando algumas coisas para depois e acabo fazendo em cima da hora.
    Mas faço..só que isso tem um custo..a gente se habitua a fazer as coisas correndo..
    No cabelerero marco cabelo, mão e pé..juntos...ao mesmo tempo! Se desse marcava até a sobrancelha!
    Pra que tanta pressa?
    Olha a contradição..
    preciso me organizar melhor....ser mais racional.... deixar de lado coisas menos importante..
    O blog também ocupa muito o meu tempo. Gosto de postar e dar retorno aos amigos.

    Um beijinho linda....bom domingo!
    Carpe diem!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, o grande problema de deixar para ultima hora é que a gente acaba se desgastando muito. Eu sou assim, deixo muitas coisas pra cima da hora e, como sou de fazer tudo muito bem feito, acabo me desdobrando para dar conta do recado! Mas, de um tempo pra cá tenho tentado mudar de tática! rs

      Não está sendo fácil mudar o jeito de agir.

      Vc é como eu... gosta de se dedicar ao blog com intensidade. Eu tbem! Gosto de responder individualmente e ainda visitar todos! Mas, tem dias que fica complicado! hahahah
      Vamos tentando melhorar nossa organização com o tal tempo!

      bjks :)

      Excluir
  12. Joicy,

    não foi puxão de orelha não. :) Foi apenas um aconselhamento... de quem já se estrepou feio com essa história de tempo x prioridades x organização. Na verdade, a rigor, nós temos TEMPO suficiente para muitas coisas, mas não temos tempos para TUDO o que queremos fazer. Logo, o que precisamos mesmo é de organização e eleger as prioridades: o que é realmente importante na minha vida? Eu preciso mesmo dispender mais um tempo para aquela atividade? O que eu vou ganhar se sacrificar um tempo com minha família e o que vou perder? Sêneca já dizia que a vida não é curta desde que a aproveitemos de acordo com as nossas possibilidades, ou seja, sem assumir atribuições das quais dificilmente daremos conta.

    E com esse "meio virtual" que já é presente em nosso dia a dia mesmo que tentemos nos desligar (passar off) por algum tempo, não há para onde correr: a internet já mudou a nossa concepção de tempo. No nosso caso, de uma geração que tá ali na casa dos 30 ( e não tem ninguém velho aqui, ô, somos extremamente jovens!), ficamos mesmo um tanto confusos com o tradicional, com o linear ( o tempo linear, rotineiro, de certa forma) com este novo paradigma onde não há linearidade e é muito comum fazer duas, três, quatro coisas ao mesmo tempo - o que facilita a superficialidade. Para nós é realmente mais complicado - imagine, então, para nossos pais e avós entenderem essa "dinâmica". Bom, isso já é uma looooonga história, mas o véio McLuhan acertou em cheio, aquele danado!

    Eu falei pra você de um livro chamado "DEVAGAR", de Carl Honoré. Longe de ser um reles exemplar de auto-ajuda, é uma espécie de alerta para nós ( eu falo nós, educadores, principalmente, pois temos que pular de escola em escola em um ritmo maluco com sei lá quantas turmas e não raramente topamos "pegar" mais algumas turmas de olho nas horas extras e um complemento salarial porque, claro, o que os governos pagam é miséria) que insistimos em fazer tudo apressadamente e dedicar partes de nosso precioso tempo em uma espécie de corrida onde "precisamos" chegar na frente de todos - quando na verdade o que importa é chegar. Na viagem pode ser mais divertido a viagem em si do que chegar ;)

    Beijos, minha querida! Tenha ótimo domingo e boa semana! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jaiminho... tindi seu aconselhamento, querido! Aliás, o "puxão de orelha" ficou por mim! rs

      Acho que tudo o que vc falou aqui e conversamos em off, já, deixa claro que precisamos sim saber que tudo é questão do que iremos priorizar e o que poderá refletir, dependendo do que for minha prioridade...

      Tudo é importante de ser analisado, né? Vi

      Sobre o livro, eu falei praa vc que achei muito interessante, principalmente pq nos faz observar de forma mais direta tudo o que fazemos conosco. Digo, tudo de ruim que fazemos conosco, quando as escolhas não são as melhroes. Precisammos mesmo desacelerar, para não surtarmos!

      Como sempre, vc arrasa nos comentários!

      bjks

      Excluir
  13. Bom dia Joicy querida!

    Pelos comentários acima, deu pra sacar que muita gente anda as voltas com essa questão do tempo, e eis que chega ao teu blog, mais uma, aflita com isso.
    Como você mesma disse "na teoria pode até ser, mas na prática nunca é fácil", então, amiga, nem vou tentar te passar dicas que eu não possuo (nem pra mim..heheheh), e nem conselhos de auta ajuda. Creio que você,sendo tão jovem e inteligente, sensível e antenada com o seu tempo, vai encontrar o ponto de equilíbrio com as suas inúmras atividades e o Sr Tempo!
    No mais, te dou os parabéns por abordar um tema de interesse de todos nós.


    Tenha um excelente domingo, e uma nova semana, com excelente aproveitamento das horas!

    Bjos da Lu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tal tempo tá me pegando de jeito, mas estou dando um jeito de ficar de boa com ele. NÃO É FÁCIL! Tipo, ele continua sendo pouco para tantsas coisas que quero fazer, mas aí resolvi tentar organizar-me melhor(e olha que sou desorganizadíííssima com essa coisa de tempo, pois quero fazer tudo ao mesmo tempo! hahahahaah). Sei que não há receita pronta, né!? Mas, vamos chegando ao ponto que desejamos. rsrsrsrsrs

      Excluir
  14. Oi Joicy,

    Também ando assim sem tempo pra tantas coisas, e prova disso meu blog ficou mais de 10 dias sem atualização. Só essa madrugada consegui atualizar, blogue exigem tempo também. No facebook nem sobra tempo pra passar mais por lá, o povo de lá deve pensar que esqueci deles... O tempo não espera ele passa rápido e deixa a gente sem ação, não dá pra lutar contra esse gigante. Sobre o filhote a vida é assim ser mãe as vezes exige muita paciência de nós, sei o que é isso, sou mãe também. O trabalho, casa, marido, filhos, nos consome uma energia diária que só Deus pra nos recompensar com a sabedoria e a calma, se não as coisas perde o sentido. Adorei a postagem, você é uma mulher muito atenada, e isso reflete na sua postagem.

    Gosto muito de ler e te receber no meu bloguito.

    Grande abraço e obrigada sempre!

    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Smareis, eu entendo bem o fato de vc ter ficado tantos dias sem atualizar. Tem época que a gente fica meio descontrolada, em relação à organização de tempo. E, sim, bloque exige muito nosso tempo, que, como o Jaime sempre diz, tem que ser aproveitando com prazer. Se começar a dar trabalho, o melhor a fazer é dar um tempo para ele.

      O jeito é a gente aprender a lidar com esse danado, que, como vc bem disse, passa voando e não espera!

      bjks :)

      Excluir
  15. Olá Joicy!
    Acredito que não me resta mais nada a não ser repassar o recado que deixei pra própria Luciana Souza:

    "Tudo é uma questão de se policiar (não se privar). Eu, quando percebo que estou dando mais atenção ao blogue do que aos meus escritos, estudos e meus trabalhos, dou uma freada, contudo, não deixo tudo ser jogado pro alto, porque muita ausência causa o esquecimento e, no meu caso, se houver o esquecimento no mundo virtual não posso divulgar meus livros (pois pretendo que venham mais por aí).
    Por vezes, por meu trabalho ser no computador, é ainda mais difícil vencer esta procrastinação, mas a dica do Andre Mansim de estipular um horário é excelente para quem é desorganizado, como eu. rs."

    E coincidentemente, tal como ele, além de estar revisando um, estou escrevendo um novo livro e não posso reclamar, como um tempo atrás quando escrevi sobre procrastinar, de como venho administrando meu tempo. Do meu modo, com a minha natureza desregrada, mas quando percebo que as coisas estão andando é sinal que estou dando conta, o que é o caso atual.
    Em breve confiro sua interview. Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chris, eu li seu recado pra Lu, no grupo. Concordo. Já havia falado isso com o Jaiminho… hoje tenho consciência que não preciso fazer tudo ao mesmo tempo e, quando necessário, dou uma freada. Por isso aprendi às duras penas tentar organizar meus horários. Não é fácil, para uma pessoa mega desorganizada(uma vez que tenho vontade de fazer tudo ao mesmo tempo) como eu!

      Enfim, a gente vai tentando fazer o melhor, de forma que não me sinta frustrada.

      bjks

      Excluir
  16. Oi, Joicy!
    Também sou professora e casada, ainda não tenho filhos porém compreendo perfeitamente a luta diária contra a bendita 'falta de tempo" que estás falando..
    A gente precisa mesmo se policiar para não contemplar demais um aspecto em relação a outro. Ainda assim.. ontem, por exemplo, tive trabalho em casa ( limpeza, faxina..) e prometi a mim mesma atualizar o planejamento das aulas (final de bimestre, como você mesma colocou bem em sua postagem). Mas quando percebi, estava fazendo uma pesquisa para o maridão,que deveria durar quinze minutos e durou duas horas. Hoje vou tirar o tempo para o planejamento e registro. São duas escolas, duas turmas, dois cadernos.. enfim, consigo me organizar melhora agora que em tempos passados. A vida adulta trouxe mais responsa, e ironicamente organizo melhor meu tempo agora que tenho mais o que fazer que antes, quando estava mais livre.
    Indo ler sua entrevista. Até!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa vida não é fácil. Ser professora, já nos exige um super tempo. Família tbem exige atenção. Então, o jeito é conseguir lidar da melhor forma possível, sem surtar! rsrsrsrs

      Sinto falta da época em que minha única responsabilidade era estudar e ajudar nos afazeres de casa, na adolescência! Enfim… não dá pra fugir das responsabilidades da vida adulta, então o jeito é nos organizarmos! kkkk

      bjks

      Excluir
  17. Gostei por demais de sua postagem, texto muito bem vindo e bem feito.
    No meu caso o que me pega não é totalmente falta de tempo, sou dona de casa, mãe e blogueira, até que tenho algumas horas sobrando, mas o que me deixa louca é a rotina, eu não consigo lidar com rotinas e mesmices, a única coisa que sei fazer rotineiramente são os afazeres com as crianças e as refeições, escola... tb se não fizesse isso né(?) ...afff
    Sinto falta de coisas novas o tempo todo, tanto na vida virtual quanto em minha vida privada, e isso que me deixa meio chateada , mas enfim... temos de encontrar os meios de ir levando, e é o que faço para não pirar comigo mesma .

    Beijinhos Joicy.
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viviiii, acho que a gente que é assim, meio espivitada, não sabe lidar muito com rotinas! Mas, vamos tentando não pirar! rs

      bjks

      Excluir
  18. Joicyinha,
    1) Adddoooooooooorei tua entrevista lá no Cheng! Parabéns!
    2) Obrigada pelas felicitações e o bolo fashion do meu niver.
    3) É só se organizar, estipular um momento para os blogs, percebi uma coisa:
    3.A - O pessoal está "perdendo" muito tempo no face, por exemplo.
    3.B - O que mais toma tempo para mim são os comentários/visitas em outros blogs, pois de fato, leio com atenção os textos e têm alguns blogs que vou em toooooodas postagens. Ainda tenho que ver como faço isso.
    4) Boa sorte! Tudo se resolve!
    5) Quanto tu for velhinha vai ter saudades da correria, então, conselho: corra agora com felicidade! hahaha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cissinha, uma coisa que eu concordo, eu perco muito tempo no face... por isso diminui minha passagem por lá! Foi bom, ter dado um tempo. Hoje entro esporadicamente, nos momentos que dá! Valeuuuu...

      bjks

      Excluir
  19. Oi Joicynha!

    Acredito que os comentários para o tal assunto será sempre unânime; todos se queixarão da falta tempo, infelizmente. Pois o mundo moderno é assim para a grande maioria de nós, não é verdade? Enfim, só vale lembrar que seja lá qual for o grau de ausência de tempo que tivermos, saibamos otimizá-lo ao máximo, como por exemplo não deixar de usá-lo para com as pessoas que fazem a diferença em nossas vidas e também não adiar muito os nossos projetos, pois não estamos assegurados de que os próximos dias chegarão.

    Um grande beijo,

    Anselmo

    PS: Embora o seu tempo esteja escasso, você ainda o encontrou para dar essa repaginada no blog, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Anselmo, acho que a falta de tempo é mesmo um mal geral! Penso que estamos nos acostumando com algo que não é saudável! Digo, nos acostumarmos no sentido de virar rotina, fazer tudo corrido! O jeito é tentarmos nos organizar mesmo… O.o

      bjks

      Excluir
  20. Oi Joice, adorei sua entrevista. Muito sábia e inteligente suas respostas. Ja te admirava antes e agora te admiro ainda mais. Adoro rock também, tenho esse estilo musical nas minhas veias, embora ser bem eclética também. Gostei da forma que falou sobre religião e sobre a profissão. As fotos estão muito bonita.
    Parabéns pelas resposta sábias.
    Grande beijo!
    Ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Smareis! Então vc tbem curte rock? Que bacana… bom saber que temos pontos em comuns. Isso explica nossa afinidade. bjks

      Excluir
  21. Conseguir organizar o tempo é uma loucura, e seguir essa escala é quase impossível. Precisa-se de muita força de vontade e a gente vê que é melhor assim. Há dias que a gente chega tão cansado que tem que deixar de lado os afazeres e descansar, não tem como rsrsrs
    Acho que pelo que disse acima você percebeu que também tenho uma vida corrida, e está difícil! Mas no fim a gente percebe que organizar o tempo foi a melhor opção XD
    Outra coisa: parece que todos os blogueiros estão com esse problema, não? A cada um que visito, vejo um aviso que o blogue ficará meio de lado por causa das tarefas da vida. Parece até uma epidemia kkkkkkk
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mateus, esse cansaço acumulado uma hora sai do controle, né!? Tbem percebi essa falta de tempo geral, na blogosfera. Penso que é por conta da sobrecarga de atividades. Estamos numa época onde queremos abraçar o mundo com as pernas. Muitas coisas para serem feitas ao mesmo tempo… que isso não gere uma estafa coletiva! bjks :)

      Excluir
  22. Ola Joicy,
    Sabe, acho que você já sabe, eu também sou professor, e como tal costumo sempre dizer: quase não tenho tempo para muita coisa sendo professor, mas eu não sei como as "professoras" fazem para dar conta do recado, pois além da profissão puxada, elas ainda são mulheres, mães e ai a coisa pega... Acho que fazem mágica, só pode, rsrsrsr....

    Também acho que é muito importante o acompanhamento dos pais na vida escolar do filho, no fundo sabemos que precisa haver uma união entre família, escola e aluno. Mas apesar de filho não vir com manual, devemos achar um equilíbrio entre este monitoramento e a independência intelectual dos meninos... Pois eles também tem que criar o hábito de estudarem sozinhos, é benéfico...

    E certamente administrar o tempo é a chave para este problema que relatou no texto, sei que não é fácil, mas estou tentando fazer isso por aqui e já estou colhendo alguns benefícios...

    Muito legal a matéria...


    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavinho, nós professores somos verdadeiros herois(há controvérsias, pois já ouvi dizer que somos burros de cargas. Achei deselegante… rsrsrsrs)… então, com essa necessidade de trabalharmos em várias escolas ao mesmo tempo(porque o salário, óóóóóó!), acabamos nos sobrecarregando cada vez mais… é verdade! A vida das professorAs é ainda mais difícil, pois além do trabalho ainda temos os afazeres de casa, filhos e etc. No meu caso, tenho sorte de ter o apoio do marido, senão já teria pirado na batatinha.
      Sobre a questão de monitorar o filho, porém deixando-o se tornar autônomo, tbem acho importante. Meu filho adquiriu certa autonomia, nos últimos anos. Mas, acho que me apeguei tanto a isso, que com a correria dos últimos meses, fui me esquecendo de dar uma "olhadinha" diária, para ver se estava tudo ok. Ele faz as tarefas sozinho, no entanto, de vez em quando eu dou uma observada para ver se está tudo bem.

      Adorei seu coment… abração

      Excluir
  23. Ahhh... Joicy, você sendo entrevistada pelo amigo Paulo.... Vou lá ver agora!
    ;)


    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
  24. Joicy!!!!
    Não..a correria do tempo de novo naaaaao!
    A gente smepre conversa aqui mas convenhamos..é tão complicado né/ Eu fico pensando como pessoas quem vc que tem familia e filhos conseguem arranjar tempo pro blog. Sério..é trabalho, casa, familia, vida social...eu tenho mais ou menos a mesma coisa (exceto filhos e marido)e minha semana é tão corrida que não dá tempo pra quase nada! Meu único dia de descanso passa voando. Se durante a semana trabalho na gráfica, no descanso eu trabalho no blog..e blog trabalho depois do expediente...então eu deveria ganhar por isso..tá parei.
    Mas sério..o que me irrita é quando não consigo fazer tudo que preciso. Monto uma lista e á medida que realizo vou apagando. Acabou que sou uma pessoa metódica, colocando tempo pra tudo, tudo mesmo.
    Tudo bom com vc, mulher de fases? HOHOH Acho muito legal variar no cabelo..eu não faço isso mas pelo menos tenho as perucas para eventos! Tõ atrás agora de uma peruca longa e lisa com cor verde limão! o/
    Ah o meu lance não é vlogar não..é blogar mesmo. É como vc disse é um pouco trabalhoso de se fazer e ainda tem aquele lance da vergonha hohohoh. Se mfalar quem inha voz não é lá essas coisas! Mas olha sua idéia de gravar um vídeo com algumas pessoas da blogosfera. Quando vc falou sabe a idéia que veio? De fazer um video assim no AF! Seria legal se pudessemos ter algumas pessoas que conhecemos aparecendo num vídeo, falando, se apresentando..fazendo uma interrpetação tosca de dança aahsahs (tá parei)
    E como anda os lances de divulgação lá do Grupo? Eu estou meio por fora das coisas devido á falta de tempo (to levando baita tempão pra responder os comments). Acabei de ver sua entrevista no blog do Chengão e ficou fantástico!! Muito bom!!! Adorei saber mais um pouco de vc o/
    Sabe acho que hoje em dia Teatro dos Contos de Fadas não ia agradar o público geral..o povão tá mais preocupado em efeitos especiais do que enredo bem feito. Uma pena. Mas pelo menos nós soubemos aproveitar coisas de qualidade!
    É..aos poucos eu ando dando uma desacelerada nas minhas corridas contra o tempo mas se eu deixar isso dominar, vou parar de vez ai fica complicado. Ultimamente ando bem cansada não sei se tem á ver com a idade ou com o inverno rs. Ou também com os problemas que assolam nossa mente. Mas enfim..vamos que vamos!
    Eu tento evitar de dar moral para muitas coisas mas quando envolve aporrinhação de gente próxima fica mais complicado. Ás vezes acho que devido á meus lapsos psicológicos eu deveria cursar psicologia ahshashahs. Tudo bem que haveria o risco de eu ser posta no sanatório mas...
    Ah e espero que o AF saia a data logo! Tem vc e mais pessoas me perguntando já. Por enquanto vai rolar outro eventinho aqui e acho que depois já sai notícias do AF...
    bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Tsu, vira em mexe eu falo desse bendito tempo! Já viu, né!? Ando tão sem tempo que demorei váriosssssss dias para responder vc! hahahaah É como falei para o Flávio, no meu caso sou casada, mãe e ainda por cima, professora, o que demanda temmmmpo demais! Não sei dizer como consigo dar conta de tudo! ahhahhahahaah… eu tbem fico extremamente irritada quando não consigo fazer tudo o que planejo.

      Ah, sim, eu estou bem! Meu cabelo vai bem, mas não continuam os mesmos(só a minha voz continua a mesma). Percebeu que o bicho carpinteiro mandou ver de novo, né!? Mudei o visual e já estou aguardando para fazer outra mudança daqui dois meses. Eita, peruca longa e verde limão? Que luxo!!!!!

      Essa ideia de fazer um vídeo seria tuuuuudo de bom! Bem que poderíamos pensar direitinho… apesar que ando desanimada com o AF, depois de tudo o que vc me disse! :/

      bjks

      Excluir
  25. Oi Joycinha,

    Tudo bem? Estou em condição semelhante porque faço mil coisas ao mesmo tempo, sou professora, pesquisadora, consultora, tenho empresa, filho e cachorro. Além dos meus escritos que exigem pois são baseados em livros que leio ou assisto, além das visitas aos blogs dos amigos. Enfim, ando complicada no tempo e cansada pois ainda viajo durante a semana e gosto de atividades físicas. Estou com você, mas no encontro desse meio-termo.
    Ötima postagem!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luluzinha, nós professoras somos heroíííínas! Não sei explicar como conseguimos lidar com tantas coisas no dia a dia. Sério!!!!! Vamos tentando achar o meio-termo. bjks

      Excluir
  26. Joicy acabei de comentar na sua entrevista!
    Mulher você ta ficando famosa! Cheia das entrevistas! hahaha

    Nossa eu já quase não tenho tempo dividindo entre faculdade/trabalho/blog, mal me sobra tempo para ler ou assistir animes e filmes. Se eu tivesse um filho, aí que eu não poderia nem dormir para dar conta do recado! hahaha
    Também gostaria de um dia com 40 horas, mas como não é possível, temos que tentar organizar tudo que temos para fazer dentro do espaço das poucas 24 horas mesmo.
    Muito bom o conselho do Jaime. Também estou precisando reavaliar como gasto o meu tempo. Apesar de ainda preciso me adequar nas tais 24 horas! rs

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mandinha, sua linda! Ah, viu só!? hahaahahah… Ei, vi seu comentário lá, sobre o Lacrimosa, pois é… eu adooooro Lacrimosa!
      Em relação ao tempo… ou falta dele… só mesmo um milagre! haahha

      bjks

      Excluir
  27. Oi Joicy
    Eu disse que não iria comentar nesses dias em nenhum blog, mas não poderia deixar de comentar aqui, porque vc é minha madrinha e ainda por cima me citou neste post. Quero deixar claro que vc também é uma querida, vc sabe disso! Equilíbrio, é disso que eu preciso, o André e vc já me deram ótimos conselhos que vou tentar colocar em prática. Esse fim de semana me dediquei totalmente a minha família, e foi ótimo. Achei ótimo o que a Cissa falou, o que toma meu tempo é justamente visitar os blogs amigos, pois gosto, como ela de ler atentamente e fazer o melhor comentário que posso. Quero deixar bem claro que ninguém da Blogosfera me pediu prá sair comentando em seus blogs, eu faço isso porque me dá prazer, já fazia isso antes de ser blogueira, vc sabe, porque comecei pelo seu blog, depois fui pro do André, da Lú Santa Rita e não parei até virar blogueira, o problema é que não parei mesmo (kkkkkk). Agora "puxei o freio de mão", estou reconquistando minha família, depois vou seguir seu conselho. Eu sempre tenho um lema: O tempo pode ser nosso amigo ou nosso inimigo, nós é que temos que saber como usá-lo. Até agora ele tem sido meu inimigo, pois tenho sido desorganizada, mas vou me organizar, e continuar fazendo o que me dá prazer (blogar), sem deixar minha família clamando a falta da mãe, presente porém ausente.
    Bjão madrinha, e uma ótima semana.
    PS. A entrevista com o Paulo Cheng ficou mara!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luzinhaaaaaa, queridona! Bom que vc achou um tempinho e veio comentar. Ah, vc vai encontrar esse equilíbrio . Já está no caminho certo, viu!? Eu tbem não sou a pessoa mais organizada do mundo. Aliás, sou até muiiiiiito desorganizada. Basta ver que só hoje estou respondendo os comentários. Alguns até perguntam pq eu continuo respondendo os coments aqui, mas não consigo fazer diferente… já virou uma mania. Então, estou feliz em ver que vc está conseguindo lidar com os problemas que surgiram… Sabe que estou aqui para o que der e vier, né? bjks

      Excluir
  28. Já disse antes, adoro seus posts, são bates papos descontraídos que divertem e nos fazem pensar.
    Também fiz um post sobre o tempo há pouco tempo, esse maluco também vem me assustando!
    Como você disse, não tem como evitar, não é fácil, uma hora a gente surta mesmo! Eu tenho vontade de fazer milhaaaaares de coisas, mas infelizmente tenho que estabelecer prioridades, e isso é tão difícil. Me sinto uma folgada comparando sua falta de tempo com a sua, afinal, você é professora (o que demanda trabalho em casa tbm), esposa, mãe, blogueira! Putz, você é a mulher maravilha mesmo! hehehe
    A minha mãe tbm tem mania de querer ser a mulher maravilha, ela carrega tudo nas costas dela, eu falo que ela é o "homem da casa". Mas eu vivo dizendo a ela que, embora seja bom ser resolvida e ativa, ela devia relaxar mais e aceitar que não é possível dar conta de tudo.
    Enfim,! mas me diga como vc compreendeu que não precisava se matar para continuar à ativa na blogosfera? Meu sonho é ser mais ativa, como você, as Lucianas, Flávio, Victor... mas eu nunca consigo acompanhar tudo! hehehe
    Beijão, Joicyta! Boa semana e que consigamos fazer MUITO com o nosso POUCO tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renatinha, querida, essa vontade de fazer milhares de coisas ao mesmo tempo eu tbem tenho, SEMPRE! Essa mania de querer dar uma de mulher maravilha(que sua mãe tem) é tão complicada. Eu tive o que chamamos de "crise da mulher maravilha", justamente pq foi impossível conseguir dar conta de tudo. Chega um momento que precisamos dar um basta e nos organizarmos… como já falaram, dar prioridades. Mas, não é fácil!!! Acho que por isso acabei compreendendo que não precisava me matar. Estou tentando fazer as coisas dentro do limite, dentro das possibilidades. E, não tentando surtar por isso! ahahah bjks

      Excluir
  29. Boa noite, Joicy.
    Acho que tudo é uma questão de organização interior, só que falar é muito mais fácil do que fazer, indubitavelmente.
    É natural que queiramos dar a todos os nossos entes queridos a mesma atenção, já que eles merecem.
    Os amigos de verdade entendem quando alguém fica um determinado tempo sem dar notícias, já que nossa vida real e a virtual divergem muitas vezes.
    Abraço, Joicy.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jac, concordo! É isso que estou tentando fazer… mas, como vc disse, na fala até que é fácil… já na prática…
      bjks

      Excluir
  30. Esse danado do tempo, passa rápido D+. Em um piscar de olhos, quando se ver, já passou, por isso que temos que dar valor mais ainda nas pequenas coisas da vida, às vezes passam tão rápido que nem percebemos! Passei lá para ver a entrevista, nossa entrevista bem elaborada e digna de verdadeiros aplausos, parabéns! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Si, como disseram não é que ele passa rápido… nós é que temos muitas coisas para fazer num só dia! Aí, já viu, né!? Não conseguimos fazer tudo… mas, o jeito é puxar o freio para não deixarmos de curtir o que é bom! bjks

      Excluir
  31. Oi Joicy!
    É, o problema de falta de tempo assola a todos nós, mas como você disse é só uma questão de administrar, embora, obviamente não seja fácil, ainda mais pra você, que faz tantas coisas.
    Eu até me sinto mal por te "cobrado" visitas e coments ao meu blog, com tantas outras coisas que você tem a fazer.
    Li a sua entrevista lá, achei muito legal, ta ficando famosa hein ^^
    Assim como a Tsu, eu espero poder te conhecer esse ano, pessoalmente, vocês duas aliás.
    Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Ricky, é um super problema que tá se tornando geral. Penso que seja um mal do novo século! Sei lá... sobre as cobranças, não se sinta mal. Se vc cobra, é pq sentiu minha falta. Vejo como ponto positivo! rs... menino do céu, tô sabendo dos perrengues da]o AF e ando desanimada pacas... vamos ver no que dá! bjks

      Excluir
  32. Joicy, li sua entrevista e gostei mto! Eh interessante que dá a sensação q vc eh bem honesta no que diz e no que faz!

    Essa questão do tempo tem me pego de jeito, estou terminando a pós e totalmente enrolada, tenho um monte de exames e consultas médicas pra realizar, tenho meu filho, meu marido, meu cachorro e isso pq sai do meu emprego há 20 dias. Parece que eu pisco e o dia acabou sem eu ter feito mtas coisas... pq isso acontece? Sei lá! Sou péssima administrando o tempo, isso é fato, mas nem sempre foi assim, piorei (ou piorou?) com o passar do... tempo... =/

    Vc eh professora e trabalha com alfabetização? Putz, que legal. Estou ensinando meu filho a ler agora e é meio estranho, pq ele nao tem interesse, hahaha.. ele ama matemática, mas não se interessa em ler. Sei que no ano passado ele teve uma péssima experiência com escola (que aos 3 anos queria que ele aprendesse letra cursiva a qualquer custo)!


    Qto ao meu comentário no blog do Fabio (reflexoesdo719r), acredito que a mídia tem sim uma vontade de vender e lucrar em cima de tudo que aparece e mostrando mto uma ideia de que pra vc ser cool e moderno, tem q ser pelo menos bi! Não me faz ter menos amigos gays por causa disso, nem deixar de gostar deles por causa disso, mas enche o saco, sabe!?

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Pathye... bom que curtiu a entrevista!

      Ah, penso que andamos numa onda de que mesmo se tivermos tempo suficiente, o problema será sempre a quantidade de coisas que queremos realizar. É como alguém disse acima. Temos bastante tempo, só que não o suficiente pra tudo o que desejamos cumprir. A gente não tem a facilidade de priorizar as coisas, né!? Esse é meu mal!

      Eu curto demais alfabetizar. Mas, vou puxar sua orelha... seu filho tem 3/4 anos e vc quer ensiná-lo a ler? Ei... eu indico que vc apenas brinque com ele... digo, pode até comprar jogos educativos, mas que tudo seja muito natural. Falo por experiencia própria. Meu filho aprendeu a ler muito naturalmente. Mesmo eu sendo professora, não ficava cobrando muito... no máximo brincava com ele, com jogos educativos e estimulava lendo SEMPRE histórias para ele. :)

      Sobre seu comentário lá no blog do Fábio, agora entendi o que vc quis dizer. Na hora pensei que vc estivesse, de certa forma, generalizando a questão. Valeu por esclarecer! bjks

      Excluir
  33. Olá Joicy

    Agradeço muito pela visita em emu blog.
    Bom, eu tbm tô com esse probleminha de tempo, não sou casada e nem mãe ainda,
    mas o meu tempo parece que nem 24 horas não tem mais, de 24 parece que foi pra 12 horas rs. Tô na correria do bendito TCC, e só quem fez faculdade sabe como é a luta pra fazer isso. Fora outras cositas a mais para fazer. Acho que muitas vezes a gente não se organiza, tipo, como diz meu pai, "vamos empurrando as coisas com a barriga" e deixamos as outras de lado pensando que está tudo bem, mas lá na frente a gente vê que estávamos errados, porque talvez damos mais valor pra coisas pequenas ao invés das coisas grandes da vida. Acho que isso já faz parte da natureza da mulher, por mais que o tempo seja pouco, conseguimos fazer muitas coisas ao mesmo tempo.

    Abração querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diulye, é como os amigos falaram acima... acho que é um problema geral! Sei como é isso de final de graduação.É puxado pra caramba! Sorte aíiiiiiii! bjks

      Excluir
  34. Joicy, as vinte e quatro horas do dia do século vinte e um são as mesmas dos séculos passados. Se algo mudou, com certeza, não foi o relógio e sim o homem. Suas tarefas triplicaram. Suas rendas tiveram de ser ampliadas. Seu tempo teve que ser esticado.
    Em tempos em que a família era apenas patriarcal, onde a mulher ficava em casa para desenvolver os programas domésticos, o homem era o único gerador de receitas para a manutenção da casa.
    Hoje, troca-se de carro sempre pelo mais atual; celular pelo mais avançado; TV pela 3D de última geração; roupas de grife e muito mais.
    Os filhos fazem academia, escola de dança, curso de língua estrangeira, curso de computação, usam roupas e calçados sempre da moda.
    A mulher, vaidosa como gosta e tem que ser, gasta muito com salão de beleza ( cabelo, corte, tintura, manicure, pedicure, reflexologia para tirar o estress, botox, limpeza de pele). Quando se sente mais cheinha procura fazer uma lipo ou plástica.
    Por um lado a mulher deixou de ser somente dona de casa. Mas por outro, chegou às universidades, realizou muitos sonhos. Hoje ela decide, opina, trabalha fora, ajuda no orçamento doméstico, faz cursos, vai às reuniões e à noite, troca o avental por um babydoll atraente. E algumas como você, ainda mantêm um blog para enriquecer os amigos.

    Abraços de Cida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cida, vc falou tuuuuudo! Nem tenho o que completar! Frutos da modernidade...

      Ah, vc é uma queridíssima! Adoro seus comentários! bjks

      Excluir
  35. Oi Joicy, ótimo post!
    Tenha uma ótima semana, bjus...

    ResponderExcluir
  36. Eu gosto muito daquela frase oriental que diz: "o verdadeiro sábio é aquele que sabe dividir o seu tempo" se não é isso é algo assim.

    Pois nos dias de hoje, não só no tempo, mas em tudo, estamos cada vez mais extremistas. Ou bebemos demais, ou deixamos de beber. Ou trabalhamos que nem burros de carga ou ficamos em casa de bobeira, só na vagabundagem. Ou estudamos de mais, ou passamos nossa vida pensando na boêmia. E quando temos família, complica mais ainda. Mas esse é o ser humano. Reclamam que o dia tem 24 horas. Se tivesse 48 ou 52 horas iríamos reclamar do mesmo. Nunca haveria tempo. Então, independente de quanto tempo nos é dado, se não sabermos administrá-lo, nunca será o suficiente.

    Beijão e comentei na entrevista :D

    ----
    Site Oficial: JimCarbonera.com
    Rascunhos: PalavraVadia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu tbem gosto dessa frase... mas, não ando sendo sábia! Quer dizer, agora tenho tentado me organizar, mas a verdade é que nunca consigo por muito tempo, Jim! Loucura total!!!!!

      hahahahahahah... eu adoooooorei seu comentário lá na entrevista, viu!?

      bjks :)

      Excluir
  37. To meio assim na facul Joicyta, mt coisa e pouco tempo, resultado, mal nas provas, maaas a gente acaba dando um jeito.
    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo como é isso, Leo! Eu já passei por situações parecidas, na época da faculdade. Mas, para tudo há um jeito! rs bjks

      Excluir
  38. Sua lindona! Joicyta, querida!
    Aaaaadorei teu comentário lá na parceria com o Jaiminho, vou te deixar dois sorrisos, tá bom?

    *--------------------------*

    e outro com aparelho:

    *--++++++++++++++++++++++--*

    hahaha! (putz deu acesso de riso)...

    Beijãooooooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhhh, a parceria de vcs ficou maaaaaaara!

      kkkkkkkkkkkkkkkkk... ri litros do sorriso com aparelho! hahahahahahahah

      bjks *--------------------*

      Excluir
  39. É Joicy, o tempo é um problema global..rsrsrss
    Adorei ler tuas palavras!
    bjs

    ResponderExcluir
  40. Oi, Joicy, bom dia! Prazer em conhecê-la pela segunda vez (é que e tinha ido primeiro lá no Paulo Cheng e a conheci um pouco).

    Essa questão do tempo é eterna como ele próprio. Atualmente estou me dedicando a fazer aquilo que me faz bem (fora das obrigações) e não estou mais me importando com a adminstração dele. Ele que me administre.rsrs. Como disse o Mário Lago: "Fiz um acordo de coexistência pacífica com o tempo: Nem ele me persegue, nem eu fujo dele, um dia a gente se encontra. "

    Grande abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Claudio, eu adorei seu comentário lá no blog do Paulo... Ah, quero chegar no patamar dessa frase do Mario. Quando isso acontecer, serei uma mulher completamente feliz! rs

      Obrigada por vir aqui!

      bjks :)

      Excluir
  41. Olá!Bom dia!
    Tudo bem?
    ...nossa! estou passando por um momento desses: muito pouco tempo, para muitas...e a "cabeça" não funciona direito..( se duplicar este comments,é por que a minha net caiu... para completar..). Aprendi que tem que priorizar,quando falta tempo... e isto,neste mundo TÃO mesquinho, vai desagradar muita "gente"...
    Boa terça!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh, eu estou aprendendo a priorizar... mas, por minha grande dificuldade em me manter organizada num padrão, logo eu volto a querer abraçar o mundo com as pernas. rsrsrs bjks

      Excluir
  42. Oi Joicy

    Estou assim com falta de tempo. Por esta razão fico dias sem postar as minhas páginas. Mas fico feliz por você e agradeço sempre pelas suas carinhosas visitas apesar de seus afazeres que são muitas. Eu entendo a sua vida de professora, mãe, esposa. Vou até lá no blog de Paulo Cheng.

    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu fiquei suuuuuuuper curiosa pra saber quem é vc! rs... essa vida de professora e ainda mãe e esposa, não é fácil! Aliás, acho que por ser mulher a coisa se complica mesmo, naturalmente! rs

      bjks

      Excluir
  43. Joycizinha..... tem aniver por la! bora???

    bjinho....

    ResponderExcluir
  44. Tente sintetizar mais tudo que faz. De repente não precisará de tanto tempo pra fazer tanta coisa e daí eis que será surpreendida com a sobra de um tempinho pra amar, porque amar é preciso.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ando tentando, Cadinho... ando tentando um cadinho! rs bjks

      Excluir
  45. Oh, amiga, li esse seu post e só lembrei de mim mesma.
    Ando assim, com pouquíssimo tempo pra tudo e principalmente de dar mais atenção ao meu filho. como ele é novinho, as vezes é cansativo demais dar atenção 24hs por dia ( sim, pois ele dorme comigo e ainda mama de madrugada, o q ferra minha coluna).
    Segunda ele começou na escolinha, mesmo que ainda bebê, mas eu tava precisando de um tempo pra mim, além do fato de ele poder se socializar com outras crianças da mesma faixa etária, pois ele é muito só em casa. Mas já eu, andava e ainda ano meio sem tempo pra cuidar de mim, sabe. Desde que ele nasceu que eu não consigo mais cuidar de mim como antes, e agora só me resta mesmo me reorganizar para me reconstruir em 4hs. MAs ainda acredito que, apesar da nossa falta de tempo, ainda que apertando bem empresadinho mesmo, há como organizar nossas vidas podendo incluir todos os nossos afazeres e hobbies durante o dia. Só precisamos saber administrar direitinho, e isso é o que nos quebra, né?
    mas vamo que vamo. Agora preciso me reorganizar daqui.
    Boa sorte com seu tempo daí. rsss..
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cleo, quando eles são pequenos precisam de nossa atenção redobrada, né!? MAs, sabe, nos enganamos se pensamos que as coisas melhoram quando crescem. Tipo, é muito diferente, pq são mais independentes e tal, no entanto, em algumas questões precisam de nosso olhar de forma diferente. Eu achava que meu filho estava autônomo e tal e acabei me esquecendo que ele é só uma criança e que por mais que seja independente, tem as coisas de criança, como por exemplo deixar algumas coisas de lado se não for "monitorado". Mas, agora tô de olho nele. Eu tenho sorte, pois o Gustavo é um menino calmo e não me dá trabalho,

      Eu entendo a sua necessidade em colocá-lo na escolinha... o meu foi quando tinha 3 anos e meio... chega um momento em que precisam, inclusive para socializarem com outras crianças.

      O jeito é nos darmos conta dessa necessidade de reorganizarmos-nos. rrsrsrsrsrsrs

      bjks

      Excluir
  46. Joicy,
    Acho que poucoas pessoas nesse mundão sabe administrar seu tempo. Vejo todo mundo se descabelando para conseguir fazer tudo e em hora. Eu era muito metódica com minha vida, com meu dia a dia e descobri que não vivia plenamente. Sexta-feira é minha folga sempre e esse dia tirava (passado) para fazer faxina e no fim do dia tinha que tomar analségico para conseguir dormir. Hoje tenho faxineira e viro a cara pra não ver o que poderia ser melhorado. Não quero mais a paranoia de me achar péssima profissional, péssima esposa, péssima mãe e péssima dona de casa. Na ansia de acertar acabava errado, me doando demais para tudo e me deixando de lado. Hoje, primo por mim, se tenho vontade de ficar de pernas pro ar é uma pilha de roupa pra lavar eu fico (e sem culpas).
    Equilíbrio é a palavra certa mesmo. Dosar sem se privar. Saber dar uma brecada quando precisar e deixar correr ao sabor da maré quando aprouver.
    Hoje sei como eu era exigente comigo (e infeliz) pq nada me satisfazia. Acredita que eu levantava no meia da noite para arrumar uma peça de roupa que eu tinha visto amarrotada na gaveta e nao tinha dado tempo de arrumar? Eu ia ponta-pé pro meu marido nao ver e brigar. Arrumava e volta pra cama pra dormir em paz...
    A gente tem que dar conta do que a gente da conta e pronto! O resto fica pra depois. Claro, o rock com o marido é essencial e curtir o filho enquanto ele nao crescer é primordial(depois eles deixam as nossas asas e querem ganhar voo...)
    Beijokas doces!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marlyyyyyyy, eu nunca fui metóóóóódica... aliás, sempre fui bem desorganizada com meu tempo! Acho que pela mania de querer abraçar o mundo com as pernas, sabe? Fazendo tudo ao mesmo tempo!

      Vc fez certinho em se desprender dessas manias de organização... no meu caso, preciso tentarrrrr ser só um cadim organizada com meu tempo, para saber aproveitar mais um cadim... mas, é difícil pra mim! rs

      bjks

      Excluir
  47. Como é que a gente consegue usar o tempo de forma tão equivocada, neh? Não importa o quão zen tentemos ser.. o mundo vem joga um milhão de coisas e nós fazemos questão de amontar e sobrecarregar... até as crianças sofrendo desta loucura nossa... como pode?!

    ;P

    -> Nascida em Versos:
    http://nascidaemversos.blogspot.com.br/

    -> Minha Poética:
    http://nv-minhapoetica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karla, pois é! Acho que é uma doença do século XXI... estava conversando dia desses sobre as crianças de hoje... o que temos são mini executivos, com suas agentas lotadas de compromissos! Enfim, estamos adoecendo nossas crianças tbem! :/ bjks

      Excluir
  48. Olá, Joicy. Vi lá no Paulo Cheng a sua resposta ao meu comentário e resolvi trazer para cá o link do meu blog que você disse não ter encontrado.
    http://uaimundo.blogspot.com
    abraços e um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  49. Isso é fato! Aqui também a secretaria da cultura não dá o mínimo apoio para eventos assim. Nos últimos anos algumas das principais bandas do heavy/hard nacional passaram por Sorocaba e a secretaria nem tomou conhecimento. Porém é bastante comum por aqui concertos eruditos sempre bancados pela secretaria (nisso a secretaria de cultura é muito eficiente, há também bons programas culturais para a população aprender música erudita) e shows sertanejos também não faltam. Na última virada cultural não teve uma banda de rock sequer por aqui. Graças a Dio temos alguns corajosos e perseverantes organizadores que não desistem. Realmente depende muito de quem está no poder.


    Ah Joicy, é uma longa história rs. Mas assim, durante um bom tempo eu convivi com uma amiga deficiente visual e me tornei um tipo de ledor para ela. Do convívio com ela fui aprendendo a dar mais importância aos outros sentidos, principalmente à audição. Quando estava no colégio tinha duas amigas gêmeas idênticas, bem diferentes em personalidade, mas fisicamente idênticas. Porém, uma tinha uma voz mais adocicada que a outra, foi ai que percebi como a voz das pessoas me atraia. Certa vez terminei um namoro com uma garota após umas 2 semanas com ela, pois não suportava sua voz rsrs. Irritava-me profundamente, tinha uma voz aguda e estridente. Quando eu disse isso, achou que eu estava tirando uma com a cara dela, dizendo que eu não tinha nem a decência de lhe dizer o real motivo e que já estava com outra, usando isso como desculpa Nunca mais falou comigo depois disso rs. De fato, não é algo que acontece todo dia rs.

    Bom, agora está tudo bem, nada de malware identificado.

    Maldito seja esse tempo. Esses dias mesmo levei um puxão de orelha de uma amiga que disse que eu estava estudando muito (não só matérias da faculdade, mas música tbm) e estava deixando de lado as amizades. Organização é a base, tem de rever suas prioridades e então organizar o seu tempo de acordo com elas. O problema é que isso necessita muita disciplina, o que não é o meu forte rsrs.
    E poxa Joicy, outra entrevista, está ficando muito pop na blogosfera rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas, demorei mas estou aqui, respondendo! haahah… olha só, essa questão que vc citou da secretaria da cultura, é geral mesmo. Mas, sabe o que eu estava conversando com uma amiga da cena metal? Ela disse que tem mesmo a questão deles darem a mínima para eventos rock/metal, mas tbem há outro lado da moeda. Uma galera que vai lá para pedir incentivo com os projetos mais lambões do mundo…. tipo, coisa mal feita mesmo. Cara, já que vai fazer um projeto, pq não faz algo bem organizado, saca? Sei lá, penso que a galera tá meio neandertal ainda! Precisando evoluir as ideias… parar de achar que as coisas voltadas para o rock/metal tem que ser toscas e tal! Enfim, apenas minha opinião! ahahahah… contudo, sim, o maior problema é a questão da falta de interesse da Sec da Cultura em subsidiar eventos do nosso interesse.

      Falando em eventos… eu fui no Araraquara Rock Fest, em 2008 e achei um puta evento. Vc já foi??? Fica perto da sua cidade? Tipo, um evento gratuito que era muito massa… eu invejei a organização. Queria demais que tivesse algo do tipo por aqui!

      Ah, eu pirei para sua história de interesse pelas vozes! Caraca… que interessantíííííssima! Agora tá explicado! rs Eu entendo quando vc diz que a voz lhe atrai. Acho que no fundo todo mundo gosta de ouvir uma voz bonita. Pô, a guria saiu magoada com vc e com razão! Vc falou na bucha que havia terminado por causa da voz dela, uai! ahahahahah… tudo bem que ela nao acreditou! hahahahaahh

      Nem quero mais ficar pensando muito sobre a danada falta de tempo. Eu tentei me organizar, mas descobri que sou a pessoa menos metódica do mundo… ou NADA metódica! ahahahah… eu tenho a desorganização, em relação ao tempo, dentro de mim! ahahhaahah… mas, vou continuar tentando! kkkkkkkkkkkkkkkk

      Eiiiii, mas vc precisa ler essa última entrevista. Acho que vc vai se interessar pelas perguntas, que por sinal foram bem polêêêêêêêêêmicas! http://www.paulocheng.com/2012/05/entrevista-com-joicy-sociere.html

      bjks

      Excluir
  50. Ola querida!

    Ate que enfim aqui estou né? Adorei a postagem, pois ela cabe perfeitamente a mim e a todos nós, porque há unica coisa de que não pode se fugir é o danado do tempo.As vezes a gente se entrega demais a uma unica coisa e esquece que nada em exagero é legal, há outras coisas em questão e devemos administrar esse nosso tempo maluco e desigual, para que possamos dedicar igualitariamente a "Umas e Outras" coisas da vida.
    Gosto do seu blog pois ele é literalmente isso, o tempo bem aproveitado,igualitariamente para diversos assuntos.
    Estou tentando redefinir meus horários, já comprei um calendário de parede e umas tachinhas para preenche-lo. Espero que tudo de certo, qualquer coisa conto com seu puxão de orelha. Ok?

    Agora tenho que ir, pois amanhã tenho prova.
    Obrigado por tudo e peço perdão pelo sumiço.

    Abraços
    de seu Eterno fã
    jeferson Barbosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jef. vc é um fooooofo queridão! Sabe, o problema são mesmo os exageros. Não conseguimos encontrar o meio termo tão importante!

      Suas palavras encheram meu coração de alegria, viu!?

      bjks

      Excluir
  51. Pois é Joicy
    Olha o que a correria faz. Tinha a impressão de que já havia comentado aqui.
    O tempo urge, marcas da tecnologia, tudo em tempo real. Eu pareço que estou caminhando como uma tartaruga, deixo tantas coisas por fazer.
    Te admiro pela sua disposição. Mesmo sem tempo consegue conciliar tudo, esposa mãe, professora, etc. Vou lá conferir a sua entrevista.
    Feliz Dia das Mães.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas ainda bem que vc voltou e comentou! Isso já me aconteceu... rsrsrsrsrs...

      Esse tempo que urge está nos deixando desestruturados, Elisa. eu mesmo, muitas vezes, me pego desesperada por não dar conta de tudo. Mas, ainda bem que de vez em quando eu dou uma "aquietada nas ideais" para não surtar! rsrsrsrs.... Obrigada, queridona... bjks :)

      Excluir
  52. Às vezes também tenho de me desdobrar para dar conta de todas as minhas atividades, e olha que eu nem trabalho ainda! Sempre abro diversas abas na internet, para ler ao mesmo tempo textos da faculdade, blogs e conteúdo sobre cinema...
    Mas, apesar dessa correria, encontrei tempo para ler sua entrevista - e adorei!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lê, esse desdobrar tá dando mais pra mim não... eu estou precisando é tentar fazer poucas coisas de cada vez. Tipo, fazer isso pelo menos algumas vezes por mês, sabe! Estou até tentando entrar menos na internet e priorizar outras coisas. Vamos tentando, né!? rs

      Ahhh, que bom vc ter lido a entrevista! bjks

      Excluir
  53. Tempo, tempo, tempo, tempooooo....

    Eu também tenho que me virar para tentar manter o blog e ao mesmo tempo as notas boas, o que é muito difícil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por vezes precisamos dar um tempo... rsrsrsrs... para conseguirmos lidar com o tal tempo! bjks :)

      Excluir
  54. Tempoooo... quero tempooooooooo! Amanhã estarei colocando todas as visitas em dia! Estou de saída e, provavelmente, só voltarei amanhã! hahaha bjks

    ResponderExcluir
  55. Olá Joicy,

    Fui lá no Paulo ler a sua entrevista. Parabéns aos dois, entrevistador e entrevistada. Comentei lá.

    Quanto ao fator tempo, este realmente anda difícil de administrar. Pelo que li de seus post, somente sendo mesmo mulher maravilha para desempenhar bem
    todas as suas tarefas. Não há como não se estressar...(rsrsrsrs).

    Também ando com dificuldades para blogar como gostaria. Diminuí minhas publicações e quase me limito a retribuir visitas . Acabo ficando chateada
    por não ter tempo suficiente para visitar os outros amigos, que também prezo muito.

    Na verdade, sempre nos frustramos quando não conseguimos realizar bem todas
    as nossas funções sem prejudicar alguma delas. É preciso rever as
    prioridades.

    Espero que o dia das mães tenha sido bem festivo para você, com muito aconchego.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  56. Eu sou do tipo que quero fazer tudo de uma só vez. Me atrapalho, refaço, deixo pra depois. e por ai vai. Não quero perder tempo me organizando. se eu for me organizar não vai sobrar tempo para executar nada.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  57. E olha que o que me trouxe aqui bem depois de quando vc me avisou do post.. foi o que??? Advinha!!!! Uma dica: Falta de... tempo.
    Seu post caiu em mim muito mais do que como uma luva. Caiu como um cobertor!!!rs
    Joy, vc é meu número. Adoro ler-te.
    Beijos.
    Theka.
    http://comigomesmasim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  58. Tempo Tempo Tempo. Nessa vida de cidadão moderno temos que nos desdobrar para conseguir fazer tudo, e sempre falta alguma coisa. As vezes falta dar atenção aos filhos, no seu caso, falta tempo para ler um livro, para assistir aquele filme. E a gente vai arrajando um tempo, vai sacrificando algumas coisas e vai se dedicando mais a outras. É assim. Como ser criança era bom!

    ResponderExcluir

Olá! Faça seu comentário!

Mas, NÃO DEIXE DE LER A POSTAGEM! ;)

Sinta-se a vontade!!! Sacomé, né!? Se você leu e chegou até aqui, não custa nada comentar... :)